pdfASPPM_formulario_de_inscricao.pdf

pdfASPPM_NIBS.pdf

 

 

Caro Proponente

Neste espaço poderá encontra alguns excertos das normas estatutárias que regulam o procedimento de admissão e readmissão de sócios da ASPPM

 

Nos termos do art.º 6º dos Estatuto da ASPPM têm direito a filiar-se na ASPPM todos os profissionais da Polícia Marítima, no ativo ou na aposentação, independentemente da sua categoria, que se identifiquem com os princípios e objetivos da Associação.

A admissão como associado processa-se mediante preenchimento de formulário próprio e entrega do mesmo à Direção Nacional.

O procedimento de admissão implica o pagamento de uma joia de admissão, de valor a fixar pela Assembleia geral, com o ato material de entrega do formulário. O pagamento da jóia de inscrição é condição de eficácia do processo de admissão.

O processo de admissão fica concluído após aprovação em reunião da Direção Nacional.

De acordo com o Regulamento interno da ASPPM podem pedir readmissão, os profissionais que tenham perdido a qualidade de associados da ASPPM.

A readmissão processa-se nos precisos termos do procedimento de admissão. 

O procedimento de readmissão implica o pagamento de uma jóia de readmissão, de valor a fixar pela Assembleia geral, com o ato material de entrega do formulário.

Sempre que a perda da qualidade de associado haja ocorrido em situação de incumprimento das quotizações, a admissão de associado implicará, para além da jóia de readmissão, o pagamento das quotizações incumpridas.

Em caso de perda disciplinar da qualidade de sócio, a readmissão só será admissível volvidos 5 anos da data da aplicação da pena disciplinar.

 

Partilhar este artigo?

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Comentar

Código de segurança
Atualizar